HOMEPAGE

A greve dos professores e o regresso das milícias
Publicado em: 18 Dez, 2013
Partilhar: Partilhar no Twitter

pcp

 

Esta manhã um grupo de professores sem nada de particularmente útil para fazer no momento decidiu dedicar algum do muito tempo livre que possuíam – estavam em greve às provas de avaliação de conhecimentos – a insultar os seus colegas que decidiram realizar a prova. E esse  foi o gesto mais maduro do seu dia – antes disso já tinham ensaiado um regresso ao mundo fantástico da pós-adolescência, invadindo as salas de aula em que os seus coleguinhas tentavam parecer inteligentes.

Este tipo de comportamento revela duas coisas: a) o mito de que há uma criança em cada um de nós é verdadeiro; b) o mito de que os sindicatos de professores são, na realidade, milícias ao serviço do PCP nunca esteve tão actual. Compreende-se a indignação dos professores. De facto, a ideia do Governo não tem por onde se lhe pegue. O que é mais difícil de entender é que numa democracia moderna seja necessária a intervenção da polícia para que um grupo de professores possa fazer um teste sem arriscar ser espancado por uma turba de colegas em fúria.









Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Current ye@r *