HOMEPAGE

Mais uma notícia inquietante dada pelo blogue Ditadura do Consenso
Publicado em: 20 Jun, 2013
Partilhar: Partilhar no Twitter

António Aly Silva, já aqui escrevi sobre ele, é um dos rostos mais visíveis da contestação ao poder vigente da Guiné-Bissau, composto por um grupo de rebeldes sanguinários que se entretêm a eliminar pessoas do mapa nos intervalos em que não estão ocupados com a afirmação da Guiné como um dos narco-Estados mais importantes do mundo.

A Guiné é um país de difícil compreensão: os que ontem estavam com fulano contra sicrano numa luta de vida ou morte, surgem hoje com sicrano contra fulano numa luta de igual intensidade. Esta notícia, publicada no blogue Ditadura do Consenso, do jornalista António Aly Silva, é mais uma peça a adicionar a um puzzle labiríntico. Como explicar o facto de Biom Natchongó, ex-guarda-costas de Nino Vieira – que, recorde-se, foi brutalmente assassinado na sua própria casa num episódio em que o seu sistema de segurança oportunamente falhou – tenha sido nomeado  pelo Governo de transição como novo chefe da ‘secreta’ do país?

Quem ler com atenção o que Aly escreve até entende: Biom é membro do extinto Comando Militar que protagonizou o golpe de Estado a 12 de abril de 2012. E apesar de o seu nome constar da lista de sanções da União Europeia, esta assobia convenientemente para o lado.









Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Current ye@r *